|

Uma boa história de sucesso sempre serve como fonte de inspiração, certo?

Então, prepara a pipoca que nós separamos seis filmes biográficos de empreendedores de sucesso, para te ajudar a focar nesses exemplos, se inspirar em suas histórias e tirar lições que sirvam para a sua vida e para o seu negócio! Afinal, como disse o professor Yossi Feinberg, diretor do curso Stanford Ignite, “aprender com os erros de outros empreendedores é essencial para desenvolver uma ideia de negócio”.

Vamos lá?

Confira a nossa lista:

Joy: O Nome do Sucesso

Baseado na história da empreendedora americana Joy Mangano, o filme traz a atriz Jennifer Lawrence no papel principal e mostra as dificuldades do início da carreira da empresária, hoje conhecida por suas invenções. Hoje em dia, ao todo, Joy já possui mais de 100 produtos patenteados.

Além de reforçar detalhes importantes e que fazem a diferença para qualquer pessoa que sonhe com o empreendedorismo, como a importância de acreditar no seu negócio, de correr atrás do que você quer e de não se importar com os primeiros fracassos, a produção ainda ressalta a dificuldade que as mulheres enfrentam para conseguirem se posicionar num mercado ainda dominado por homens. 

No site oficial da Joy Mangano, é possível conhecer suas invenções. Confira aqui http://joymangano.com/


Fome de Poder

Difícil pensar em um negócio de sucesso e não pensar no McDonalds, certo? Logo, o filme Fome de Poder não pode ficar de fora dessa lista. Com uma excelente atuação do protagonista Michael Keaton, o longa aborda o processo de criação da rede de franquias e dá uma aula de persistência, coragem e determinação. Principalmente se pensarmos que o personagem principal, Ray Kroc, já passava dos 50 anos quando conseguiu, enfim, construir seu império, contrariando as expectativas de muita gente. Uma injeção de ânimo para todos que acham que as oportunidades já estão esgotadas. 

Ah, dica importante: no momento em que essa matéria foi escrita, o filme estava disponível no catálogo da Netflix.


O Jogo da Imitação

Cinebiografia do gênio Alan Touring, o filme conta a história do matemático, pioneiro na ciência da computação, que é contratado para decifrar a máquina que criptografava a comunicação nazista durante a guerra. Com uma personalidade difícil e bastante arrogante, Turing conquista a antipatia dos colegas com decisões autoritárias, mas, aos poucos, percebe que a única forma de vencer o desafio será aprendendo a trabalhar em equipe. Aliás, essa é uma das grandes lições do filme: a importância de se ter um time, onde todos trabalham juntos e igualmente focados num objetivo comum. 


Chef

No maior estilo “há males que vem para bem”, o filme Chef conta a história de Carl Casper, responsável pela cozinha de um renomado restaurante, que dedica sua vida ao lugar e, de repente, é demitido pelo seu chefe (que prioriza o faturamento e não a excelência dos pratos). Depois disso, ele precisa recomeçar do zero e assumir as rédeas do próprio negócio, onde poderá focar no que realmente acredita: a qualidade da refeição. 

Com um elenco de peso, que inclui Jon Favreau, Sofia Vergara, Scarlett Johansson, Robert Downey Jr e Dustin Hoffman, Chef é uma boa opção para quem também está descontente com o rumo das coisas no trabalho, mas ainda não teve coragem de dar o primeiro passo rumo ao sonho do empreendedorismo.


Walt antes do Mickey

O modelo de negócio da Disney é exemplo há anos. A gente já perdeu as contas de quantos livros existem sobre o assunto, cada um enfocando um aspecto diferente do império da magia. Mas, se o tempo anda curto para ler todos eles, o filme Walt antes do Mickey já irá te dar um bom panorama de quem era o garoto Walter Elias Disney e como ele se transformou no pai no pai dos personagens infantis mais famosos do mundo. O longa também traz importantes lições de superação de obstáculos, volta por cima, perseverança e visão de negócio. 

https://www.youtube.com/watch?v=iNEyHVp3akM

Coco antes de Chanel

Mais um exemplo de empreendedorismo feminino, Coco Antes de Chanel conta a história de Gabrielle Bonheur Chanel desde a sua infância, totalmente pobre, em um orfanato, até se tornar uma das maiores referências de moda do mundo. Fundadora da marca Chanel, ela é única estilista presente na lista das cem pessoas mais importantes da história do século XX, elaborada pela revista Time. E sua presença nessa lista é mais do que compreensível, afinal, se hoje as mulheres usam calças, deve-se muito à Coco. Foi ela que passou a usar as roupas do namorado – cansada dos looks com chapéus e espartilhos apertados – e provocou uma das maiores revoluções já vistas no mundo da moda. 

Similar Posts

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.